Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Não brinque com a ansiedade

que eu tenho de te ver.

Não brinque de vaidade;

quando o natural faz de você

mais real;

mais tocável.

Não brinque de amor

quando nem souber que se é paixão.

Brinque de cama;

se for só tesão.

Brinque de verdade;

para apagar a mentira.

Brinque de rimar

quando as palavras certas

não tiverem mais sentido.

E brinque de sentir;

quando eu disser que

estou contigo.

E a gente brincando;

se despede sorrindo.

 

Aline Lira, 25/01/12

sinto-me:
música: Diante de qualquer nariz, Suricato
publicado por Poesia e Vídeo (Aline LiRa) às 12:13
link do post | comentar | | | favorito

mto bom! =)
Anónimo a 25 de Janeiro de 2012 às 12:23

Olá...quem é vc anônimo...
Sou extremamente curiosa...rs

Beijos

Muito bom ...! =)

"Brinque de rimar
quando as palavras certas
não tiverem mais sentido."
Paulo Reif a 26 de Janeiro de 2012 às 01:23


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
31


últ. comentários
ah quero você...
Muito bom ...! =)"Brinque de rimarquando as palavr...
Olá...quem é vc anônimo...Sou extremamente curiosa...
mto bom! =)
Resumindo: Parabéns. E obrigado por lembrar!
E quem melhor para requerer nossas intimidades do ...
Assumir o erro, errar de novo, apagar,reescrever. ...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro